Ai destino, ai... destino!

Tenho um gajo da minha cidade (Porto) que está apanhadíssimo por mim! Acontece de que agora já não moro lá. E bastou que eu saísse de lá pra começarem a aparecer estes pretendentes...

Diz lá se a vida não é irónica...

6 comentários:

  1. Gostei de ter lido o teu blogue ;)

    ResponderEliminar
  2. olha que por vezes Deus escreve direito por linhas tortas :P

    Quem sabe se esse rapaz nao te iria trazer problemas... !?

    Mas sim, de facto, o destino é do piorio --'

    ResponderEliminar
  3. O ideal era ter pessoas destas mas em Lisboa! A culpa também é minha, confesso. Desde que cá estou ainda não fui sair... Mas por vezes penso que estou melhor assim, sem preocupações... Porém, sou abafado por outros sentimentos e coise.

    Vou estudar enzimas, pois tenho 3 dias para fazer um trabalho!

    Narciso.

    ResponderEliminar